A contabilidade e os desafios trabalhistas estão cada vez mais na pauta do dia a dia das empresas, colaboradores e famílias.

Com a crise gerada pela COVID-19 vimos uma sociedade cada vez mais em busca de informações e orientações que sejam adequadas para o enfrentamento dos novos desafios.

Uma crise gera desconforto e altera as rotinas de pessoas e empresas, o que nos faz buscar o apoio de profissionais e pessoas experientes.

Toda ação gera uma reação e toda nova atitude uma adaptação e uma nova condução.

No último ano verificamos uma série de medidas do Governo para poder enfrentar o momento instável e por parte das empresas e colaboradores a busca pela sobrevivência e manutenção de negócios e empregos.

Uma novidade que veio para ficar é o de teletrabalho ou em formato “home office”. Muitas empresas haviam investido em grandes estruturas físicas e agora se deparam com custos elevados e ociosos para manutenção.

Muitas pessoas nunca haviam trabalhado em casa e agora por força do momento tiveram que se adaptar.

Como tratar todas estas mudanças e superar os desafios?

Como a contabilidade poderá ajudar?

Vamos entender a seguir.

 

Primeiros passos para enfrentar os novos desafios

 

Sabemos que mudanças acontecem, mas a que estamos vivenciando tem sido desafiadora e em escala mundial.

Para se adaptar precisamos rever conceitos e preferências, buscar novos conhecimentos e talentos. Este processo de auto-análise permite que o ser humano se supere e encontre sua nova fonte de satisfação.

No mês que comemoramos o trabalho e o trabalhador, estamos presenciando a busca por uma sobrevivência que não reside somente em uma carteira assinada e um emprego estável. De uma hora para outra tudo passou a ser instável e sem garantia.

Cabe a todos nós refletirmos sobre o que o novo mundo precisa e estar à frente das decisões de escolha.

Se por um lado alguns segmentos sucumbiram, por outro lado surgiram demandas para novos tipos de operações e negócios.

O empresário precisa mudar seu planejamento, buscar novos caminhos, entender novamente quem é seu cliente e propósito.

A contabilidade poderá orientar e participar deste planejamento fazendo jus a uma gestão eficiente, como por exemplo o planejamento tributário.

A pandemia fez gerar, por exemplo, um número recorde de novos empreendedores. A Economia do país passa a ter numa nova fonte geradora de riquezas e de possibilidades.

Contudo, as garantias trabalhistas de muitas pessoas deixam de existir como 13º salário, FGTS e férias.

Fazer o seu próprio salário ou renda passa a ser o objetivo de muitos profissionais que não mais encontram lugar no mercado de trabalho formal.

Outros não conseguirão criar o seu próprio negócio e estarão desempregados por tempo maior que o costumeiro em anos anteriores à pandemia.

Mas que medidas têm sido tomadas para manutenção de milhões de empregos?

 

A manutenção do emprego e renda

 

Foram publicadas no Diário Oficial da União, as medidas provisórias 1.045 e 1.046, de 28 de Abril de 2021.

O objetivo é a manutenção do emprego e da renda dos brasileiros mediante a crise gerada pelo COVID-19.

O Programa especial de manutenção do emprego e da renda já havia sido instituído no início de 2020 com o início da crise. Passados 12 meses continuamos enfrentando tempos de desafios trabalhistas e de sobrevivência das empresas.

Portanto, o Programa está novamente ativo e tem como ações principais:

I – Pagamento do benefício emergencial;

II – Redução proporcional da jornada de trabalho e salário;

III – Suspensão temporária de contratos de trabalho;

IV – Regras para o teletrabalho ou remoto ou em formato “home Office”;

V – Antecipação de férias;

VI – Concessão de férias coletivas;

VII – Aproveitamento e antecipação de feriados;

VIII – Utilização de Banco de Horas;

IX – A suspensão de exigências administrativas em segurança e saúde do trabalho;

X O diferimento do recolhimento de FGTS.

Os empresários e trabalhadores deverão ser bem orientados para que todos possam se beneficiar e manter empresas e empregos.

A contabilidade tem uma função primordial de orientar consultivamente os trâmites, cumprir os prazos e regras para a efetividade das medidas em favor de todos.

Mas o que devemos cuidar nos próximos meses?

Cada empresa tem seu planejamento singular e forma de atuação, porém, sob o caráter trabalhista devemos buscar todas as orientações necessárias para que a equipe tenha sempre informações claras e o trabalho não fique comprometido.

Proteja seus colaboradores e dê a eles formas de conduzir bem seus trabalhos.

A crise trouxe novas formas de atuar e pensar que devem se adequar no mundo do trabalho. Contratações bem realizadas se traduzem em pouco nenhum impacto negativo para o futuro.

Saber conviver com as novas regras, estabelecer medidas de acompanhamento e ter um parceiro contábil, também é essencial para a segurança das relações e o desempenho das funções.

O mundo do trabalho está começando uma nova e importante etapa, cabendo a todos estabelecer segurança e entendimento das novas rotinas.

error: Conteúdo protegido!
Powered by